terça-feira, 26 de março de 2013

Câmara derruba veto de prefeito contra vaquejada em Teresina

26/03/13, 10:54
Câmara derruba veto de Firmino e autoriza vaquejada na capital


Na sessão desta terça-feira (26), a maioria dos vereadores de Teresina derrubou o veto do prefeito Firmino Filho (PSDB) ao projeto do ex-vereador Urbano Eulálio (PSDB) que regulamenta a prática de vaquejada na capital. Foram 17 votos contra o veto e a favor a vaquejada, e 10 votos defendendo o veto.

A vereadora Teresa Britto (PV) liderou os discursos para que o veto fosse mantido e elogiou a postura do prefeito Firmino Filho que, segundo ela, está em consonância com as pessoas que combatem os maus tratos aos animais.

Não podemos permitir que nos dias atuais se permita maus tratos aos animais em vaquejadas. Os vereadores que são a favor das vaquejadas deveriam prestar atenção no semblante dos animais quando são soltos para serem derrubados, quando estão prestes a sofrer nas vaquejadas. Estou aqui para defender os interesses daqueles que não tem direito a voto, mas têm sentimentos, não só daqueles que votam e têm sentimento”, defendeu Teresa Britto.

O vereador Samuel Silveira (PMDB) comandou os discursos dos parlamentares que lutaram pela regulamentação da vaquejada, destacando principalmente o fator cultural que liga a vaquejada à história do nordestino. “A vaquejada está ligada diretamente à cultura do nordestino e do piauiense. Não podemos apagar nossa memória e acabar com essa atividade que representa tanto o nosso Estado e o vaqueiro”, afirmou o vereador.

Vereadora Teresa Britto (PV) liderou os discursos contra a vaquejada

Fonte: Portal Cidade Verde